Identificando Problemas

29 de outubro de 2013 at 23:04  •  Posted in Dicas Técnicas by

Identificando Problemas

Imprimir

A forma mais simples de prevenção é utilizar o veículo conforme as recomendações do fabricante, sem exceder o peso de carga máxima permitida. Além disso, a forma de condução é importante para evitar problemas com a suspensão. Procure não passar rápido demais por lombadas e desviar dos buracos.

Sinais de Problemas
Os principais indicativos de problemas na suspensão são, além de ruídos e vibrações em pisos irregulares, excesso de oscilação da carroceria em curvas ou desvios.

Manutenção
O sistema exige revisão periódica, que inclui, além da troca dos itens danificados ou com vestígio de óleo, o alinhamento da suspensão.

Sinais de Problemas
Se a pintura da mola estiver descascada
Sintoma
Sinal da presença de ferrugem.
Conseqüência
A ferrugem destrói o tratamento dado ao aço da mola. Isto propicia o surgimento de microtrincas e consequentemente a quebra da mesma.

Sinais de Problemas
Se elos ou espirais da mola estiverem batidos
Sintoma
Ocorre quando a mola perde parte da sua ação (carga), defletindo ao ponto de bater seus elos.
Conseqüência
Perda de estabilidade do veículo
Batidas secas na suspensão
Desgaste prematuro dos pneus, amortecedores, batentes, coxins e demais componentes da suspensão.

Sinais de Problemas
Na quebra da mola
Sintoma
Ruptura de um dos elos da mola, provocando instantaneamente um desnível de altura no veículo.
Conseqüência
Grande probabilidade de perda de controle do veículo e perigo iminente de acidente.