MOLAS TIGRE INTRODUÇÃO

0
30 de outubro de 2013 at 0:13  •  Posted in Molas Tigre, slider by  •  0 Comments

MOLAS TIGRE INTRODUÇÃO

As molas foram projetadas para absorver os impactos do asfalto(buracos, lombadas e irregularidades), dando assim um maior conforto ao usuário do veículo. É importante saber, que as molas trabalham em conjunto com todos os componentes da suspensão, logo, o desgaste ocasiona perda de sua resistência, o que sobrecarrega os demais componentes da suspensão, como os amortecedores, calços, batentes, entre outros.

Quando devemos trocar as molas do veículo? E por quê?

• Na troca dos amortecedores e seus componentes, entre 40.000 a 60.000km rodados. Isso aumentará a resistência da suspensão e sua durabilidade, diminuindo desgastes prematuros dos componentes.

• Quando a pintura da mola estiver descascada. Este é um sinal que a mola já apresenta perda de resistência e sua troca está próxima ou urgente, antes que ela se quebre.

• Quando a altura estiver fora do padrão original do veículo. Este fato pode significar perda de resistência da mola, o que pode gerar desgastes prematuros dos componentes da suspensão e a deformação dos pneus.

• Quando os elos estão marcados. Os elos marcam quando as molas estão fracas, logo, os componentes da suspensão também estarão ameaçados. Com o funcionamento sobrecarregado, podem-se ocasionar trincas ou rachaduras na estrutura do veículo.

• Quando ocorre a quebra da mola. Nesse caso não há mais escolha. Torna-se urgente a substituição da mesma, pois a altura e o equilíbrio da suspensão já estarão comprometidos, o que gera quebra dos componentes, bem como desgastes dos pneus.

Termo de garantia

A mola terá garantia de 6 meses a partir da data de instalação, contando os noventa dias garantidos por lei.

Não haverá garantia quando ocorrer os seguintes fatos:

• Instalação incorreta; • Aplicação inadequada; • Calor no aço da mola. Exemplo: uso de maçarico; • Corte dos elos da mola; • Marcas no aço ocasionadas por manuseio errado.

Leave a Reply